- PM Tech Blog - http://blog.pmtech.com.br -

Andre Luiz Correa – Julho 2011

Fiz a prova no dia 12 de Julho, exatos 13 dias depois de concluir o curso de capacitação da PM Tech e fui aprovado.

A prova é mais fácil que os simulados da PMTech e envolvem pouquíssimos cálculos (mas todas as quatro fórmulas básicas de Gerenciamento do Valor Agregado foram cobradas de maneira direta, em duas questões até cobrou-se a própria fórmula).

Para me preparar para a prova, basicamente li o PMBOK uma vez antes de começar o curso na PM Tech, e li uma segunda vez à medida que as aulas sobre cada capítulo iam sendo ministradas, concluindo assim a segunda leitura do livro até o final do curso. A apostila com os slides do curso eu cheguei a lê-la 3 vezes, basicamente coletando classificações e siglas que poderiam ser cobradas na prova, para tentar memorizar. E para completar li a maior parte do material extra que se encontra no CD do curso (principalmente sobre Escopo, Tempo, Qualidade e RH), pois alem de agregar mais conhecimento, ajuda muito a expandir a visão para além do PMBOK (qualquer termo que tenha aparecido na leitura e não era encontrado em nenhum outro material desses também foi pesquisado na internet). E para finalizar, logo que o curso terminou eu li dois livros por curiosidade mas que ajudaram a entender vários conceitos e portanto eu recomendo fortemente para quem se interessar: “A Meta” e “Corrente Crítica”, ambos de Eliyahu Goldratt.

Fora toda a leitura, tive tempo de fazer 4 simulados completos da PMTech e o mais importante em fazê-los, não foram os simulados em si, mas revisar questão a questão ao seu termino, sejam acertos ou erros, e ler a explicação de cada questão principalmente para ter acesso a como pensar ou como refletir sobre questões daquele tipo, tendo em vista que os simulados utilizam basicamente os mesmos modelos de questão que a prova PMP.

E sobre a prova em si, três pontos me chamaram muito a atenção: não achei nenhuma questão longa, onde o texto fosse cansativo; outro ponto foi que tiveram 3 ou 4 questões perguntando a mesma coisa em situações diferentes, perguntando em que processo se realiza a análise de sensibilidade (uma das questões não falou em análise de sensibilidade, mas no diagrama de tornado); e o ultimo ponto seria o fato de que quase todas as questões sobre Comunicações e RH foram feitas sobre situações em que o projeto era realizado em outro país ou tinha sua equipe formada por pessoas de vários países, tornando a comunicação e o desenvolvimento da equipe mais difícil.

Quem tiver qualquer outra pergunta pode entrar em contato.

Boa sorte e bons estudos a todos.

Artigos Relacionados