- PM Tech Blog - http://blog.pmtech.com.br -

André Miranda – PMP em Mar/2013

Fiz o curso preparatório da PM Tech em agosto 2012. Planejei e agendei minha prova para o dia 5 de dezembro de 2012, estudei aproximadamente 80 horas usando apenas o material do curso e as provas simuladas. Infelizmente não fui proficiente em 2 dos 5 grupos de processos (fui proficiente em iniciação, planejamento e execução). Um detalhe importante sobre a prova é que ela não informa o quão proficiente ou não proficiente o candidato foi. Por isso, planejei estudar mais 160 horas aproximadamente para fazer a prova no final de março de 2013.

Revisei todo o conteúdo, inclusive os grupos nos quais fui proficiente, li o guia PMBOK inteiro. Fui aprovado e estou muito contente. Foi muito importante usar o material do curso, em especial as dicas do Mauro, ler atentamente e criticamente o PMBOK e usar o material da Rita, pois a prova testa o entendimento dos conceitos pelo candidato, e não adianta decorar conceitos, é necessário entender a ligação entre os mesmos.

Agora, quando fiz a prova em 28 de março, percebi que as questões possuem muitos “pega-ratões”, pois o enunciado começa dando a entender que a questão é, por exemplo, sobre escopo, mas na verdade está tratando de um conteúdo de qualidade, e assim por diante. Preparem-se e não se assustem com os enunciados longos, que servem apenas para distrair e testar o candidato. Na primeira prova em dezembro de 2012, os conceitos decorados me faziam acabar não percebendo esses detalhes. Por fim, recomendo atingir pontuação 80 para cima nos simulados do curso PM Tech, pois em dezembro fui tranquilo fazer a prova pois naquela época eu atingia conceito entre 70 e 80 nos simulados, e não passei na prova. Agora, quando consegui minha aprovação, minhas notas nos simulados ficaram acima de 80. Aparentemente, não houve um grande acréscimo de pontuação nos simulados (e confesso que fiquei um pouco inseguro quando fui fazer a prova pela segunda vez), mas obtive sucesso pois prestei muita atenção nos enunciados e respondi as questões a partir de um conhecimento que extrapolou a famosa “decoreba”. Boa sorte a todos.

Artigos Relacionados