Ivan Pertile – Certificação PMP

Sou da turma de 2006. Trabalhei na área desde então mas nunca tinha me certificado.
Comecei a estudar em janeiro/2013 e fiz a prova em 16/03/2013.
Realmente a prova é muito cansativa, são quatro horas de concentração máxima e tem que ficar muito atento e ir passando as respostas para a grade durante a prova, não deixar para o fim.
Eu li o Guia PMBOK uma vez, li as as apostilas da PM Tech 3X, fiz um resumo bem legal, e fiz todas as simulações da PM Tech.
Fui aprovado e hoje sou um PMP.
Agradeço a PM Tech.
abraços
Ivan

André Miranda – PMP em Mar/2013

Fiz o curso preparatório da PM Tech em agosto 2012. Planejei e agendei minha prova para o dia 5 de dezembro de 2012, estudei aproximadamente 80 horas usando apenas o material do curso e as provas simuladas. Infelizmente não fui proficiente em 2 dos 5 grupos de processos (fui proficiente em iniciação, planejamento e execução). Um detalhe importante sobre a prova é que ela não informa o quão proficiente ou não proficiente o candidato foi. Por isso, planejei estudar mais 160 horas aproximadamente para fazer a prova no final de março de 2013.

Continue lendo »

Alessandra Dutra – PMP em Março 2013

vitoria

Pessoal,

Vou deixar aqui minhas lições aprendidas no exame PMP, passei no último que ocorreu no dia 16/03.

Eu iniciei esse processo em Janeiro de 2006, quando fiz o curso da PM Tech com o Mauro Sotille, mas neste ano eu não me interessei pelo Exame porque eu ainda não tinha experiência com projetos. Final de 2006 eu entrei no Terra como Gerente de Projetos e ai me interessei pela certificação, em abril 2008 +- juntei todos os projetos que eu tinha trabalhado e mandei para o PMI, paguei a taxa, mas deixei a prova para 2009, fiz novamente o curso da PM TECH em Janeiro .. e acabei engravidando e 2009 foi o ano caótico da Gripe A, fora todos os enjoos e o medo da doença ficou inviável fazer a prova.. bem.. perdi o dinheiro.. não consegui mais recuperar.

Continue lendo »

Lições para a certificação

uauPessoal,

Gostaria de compartilhar aqui com os interessados como foi minha preparação para a prova de certificação PMP, a qual realizei e fui aprovado em dezembro/2012.

– Primeiramente fiz o curso preparatório na PMTech. Além de necessário para preencher os pré-requisitos para a prova, o curso é essencial para quem quer obter a certificação, principalmente pela qualidade da apostila da PM Tech e pela larga experiência do Mauro Sotille, o qual consegue passar todo o conteúdo de uma forma clara, light e usando muitos exemplos práticos;

– A meu ver o ideal é fazer a prova poucos meses depois de realizado o curso, após algumas semanas de autoestudo, para aproveitar o conteúdo (e os exemplos do Mauro) frescos na memória;

– Durante e após o curso, li uma vez só o PMBOK. Mas o foco do meu estudo foi a apostila e os simulados da PM Tech. A apostila resume e muito bem o conteúdo do PMBOK, ainda mais se você encheu a mesma de anotações durante o curso, o que aconselho fortemente;

– Os simulados da PM Tech certamente são a principal ferramenta para aprovação na prova. Faça quantos simulados conseguir, de vez em quando simulando uma prova de 4 horas mesmo, e depois de feito o mesmo, revise uma a uma suas respostas, lendo com atenção os comentários das respostas que o próprio software do simulado fornece. Em caso de dúvidas, consulte a apostila ou mesmo o PMBOK para aprofundamento da questão;

– Atenção para o tempo na prova!! Eu fiz simulados em casa, e em todos terminei em cerca de 3h30min. Porém no dia da prova não consegui repetir essa performance. Me demorei demais em algumas questões e no final não tive tempo de responder todas as questões, então tive que chutar algumas. A dica é não se ater às questões. Se não souber a resposta, marque algo (jamais deixe em branco), avance, e no final, se sobrar tempo, dedique mais tempo às mesmas;

– Outra coisa que me ajudou muito nos estudos foi desenhar e escrever os processos, em ordem, dentro de cada uma das nove áreas de estudo, colocando o que era saída de um processo e entrada do outro, as ferramentas e técnicas utilizadas em cada um deles, bem como uma breve descrição de cada processo. Fiz uma área em cada folha, e sempre que sobrava um tempinho pegava uma dessas folhas para revisar os processos e a sequencia lógica entre eles;

– No final da prova, se o tempo apertar, foque nas questões com enunciados menores, afinal algumas são muito grandes (e elas valem a mesma coisa que as pequenas).

Era isso pessoal. Espero que minhas dicas tenham os ajudado.
Uma boa prova a todos!

Marcelo Gomes – Lições aprendidas PMP

No dia 19/12 tive a imensa satisfação de receber um e-mail do PMI com a notícia da minha aprovação na prova de certificação PMP!

Nos últimos 3 meses foi um estudo intenso, mas todo esforço valeu muito a pena!

Gostaria de compartilhar minha opinião sobre o curso preparatório da PM TECH. Para quem deseja se certificar, com certeza a PM TECH é a melhor escolha. A grande experiência do instrutor Mauro Sotille aliado ao material de excelente qualidade foram fundamentais para que eu conseguisse obter minha certificação PMP!

Minha estratégia de estudo:

– Fazer o curso da PM TECH e já marcar a prova. Fiz o curso pela segunda vez, pois para fazer a certificação o ideal é fazer o curso e na sequência a certificação;
– Usar o livro de Gerência de Projetos da Kim Heldman. O livro é excelente, a maioria das questões são situacionais e me prepararam bastante para “investigar” bem as questões;
– Ler novamente toda apostila da PM TECH e fazer um resumo para preparar o “brain dump” se necessário para a hora da prova;
– Fazer a maior quantidade possível de simulados da PM TECH, pois são excelentes! Não desperdiçar nenhum detalhamento da questão (ver questão). Mesmo que você tenha certeza da resposta, vale a pena dar uma boa lida no detalhamento da questão, se aprende muito. O importante não é decorar a resposta, mas entender o porquê a resposta X é melhor do que Y;
– Ler o PMBOK para reforçar os conceitos;
– Ler todas as dicas (material incluso no curso da PM TECH), pois foram fundamentais para reforçar ainda mais a parte conceitual;
– Dar uma boa olhada na planilha com o mapeamento dos processos, áreas de conhecimento, ferramentas e técnicas. É muito importante entender bem as diferenças, pois tem umas “pegadinhas”;
– Aproveitar todo o tempo disponível para ler muito.

É isso aí pessoal, espero que estas informações sejam úteis!

Já estou com minha caneca!

Grande abraço e sucesso!

Att.,
Marcelo Gomes, PMP

Francis Lopes – Prova PMP em papel do dia 08/12/12

read

Depois de apenas 10 dias, recebi o resultado da prova de PMP que fiz no dia 08/12 em Porto Alegre.

Não há nada de muito novo na preparação para a prova, mas vamos lá.

Fiz o curso com o Mauro entre Setembro e Outubro, durante o curso aproveitei para ler o PMBOK, confesso que não gravei muita coisa, mas de qualquer forma pelo menos uma leitura é válida. Após o curso, me dediquei cerca de 2h/dia até o dia do exame. Nessa fase fiquei basicamente fazendo simulados e anotações de pontos em que tinha mais dificuldade. Uns dias antes da prova dei um pouco mais de atenção nas questões de cálculo pra ter certeza de que estava tudo ok, não dá pra perder pontos nestas, o cálculo é básico, normalmente nem calculadora precisa, é mais questão de interpretação. E vamos à prova!!!

Estava bem treinado quanto ao tempo, fiz tudo em 3h e na 1h restante passei as respostas pra grade enquanto revisava algumas ou várias que fiquei em dúvida. Aliás, essa questão do tempo é bem importante……pois ao final percebi que algumas pessoas não administraram bem isso e tiveram problemas. Quanto às questões, não cai nada de outro mundo, embora em muitas delas eu tenha ficado em dúvida, mas por isso enfatizo que é muito importante fazer simulados, claro que depende de cada pessoa, mas eu aprendi bastante com eles sem contar que me tornei mais familiar com a forma que os diferentes assuntos são abordados nas questões.

Resumindo……um pouco de dedicação e disciplina e o resultado virá.
Boa sorte a todos que estão se preparando pra prova!!

Cristine – Certificação PMP Dez/2012

Pessoal, gostaria de compartilhar minha certificação PMP obtida em Dezembro/2012.

Como trabalho durante a semana, restou-me os finais de semana e feriados para dedicar-me a essa maratona de leituras e estudo. Li o Livro da Rita Mulcahy, o livro Use a cabeça PMP e o Guia PMBOK .

Fiz o curso preparatório da PM TECH, que foi fundamental para a consolidação dos conceitos que já tinha apreendido. Então li novamente o Guia e passei uma semana antes da prova em casa estudando 12 horas por dia. Fiz muitos simulados testando conhecimento, concentração e controle do tempo. A prova não exigiu muitos cálculos e sim conhecimento e entendimento da integração entre as diversas áreas de conhecimento do Guia.

A prova foi cansativa e usei as 4 horas para realização e preenchimento do gabarito.

Agora quero minha caneca!!
Abraço.
Cristiane Lucia Jaskulski, PMP

Fernando Cézar – Certificação PMP

Recebi ontem o e-mail do PMI confirmando minha certificação PMP. Em meu ver, o treinamento foi muito útil para o sucesso. Estudei durante dois meses e meio lendo livros, dicas e realizando simulados. Apesar de não ter realizado muitos simulados. As questões do exame foram muito familiares. Considerei o cansaço durante a prova o pior obstáculo, pois o assunto, quem estudou na PM Tech e seguiu o plano de estudo, dominei perfeitamente.

Sucesso! Marcela, a primeira Acreana PMP

read

Hoje passei na prova de certificação PMP aqui em Brasília, uma constatação de sucesso em um empreendimento pessoal de grande valia!

Me preparei para a prova desde o MBA, contudo foquei mesmo depois do preparatório com a PM Tech que fiz em 2011, mas mesmo após o curso, com as correrias e cobranças da rotina de mãe e profissional não peguei firme nos estudos até o início do processo de elegibilidade junto ao PMI e foi só quando agendei que realmente me dediquei de duas a cinco horas diárias de estudos todos os dias, utilizei o material da PM Tech, os simulados, o PMBOK (fiz duas leituras detalhadas e um sem número de consultas) e como tinha adquirido o livro da Kim Heldman eu o aproveitei no que se refere aos cálculos, explicações e dicas que o PMBOK deixa a desejar (principalmente em relação às especificações e interpretações das ferramentas e técnicas) sempre atenta às diferenças entre as versões do guia.

Acho que sou a primeira acreana a obter a certificação PMP e sei que essa área não é comum para quem se gradua em enfermagem como eu, mas a gestão sempre me encantou e me despertou muita curiosidade e interesse, estou muito feliz e satisfeita, álém de preparada para o desafio que é conduzir sempre em ascensão minha profissão, buscando a constante atualização dos conhecimentos e a aplicação diária das boas práticas para os projetos e para a vida, os conhecimentos em GP mudaram totalmente minha vida e sei que a de muitos também. Relamente este é um grande marco, uma entrega que fiz prá mim e que está me enchendo de orgulho hoje.

Quero minha caneca, rsrsrs…

Espero ter contribuído com minha experiência de estudo. Vou comemorar!!!!