Cassius Bombarda – Lições Aprendidas para a prova PMP

Prezados amigos

Obtive a minha aprovação PMP dia 23/08. Descrevo abaixo, a quem interessar possa, as lições que tirei dessa experiência.

Continue lendo »

Andre Luiz Correa – Julho 2011

Fiz a prova no dia 12 de Julho, exatos 13 dias depois de concluir o curso de capacitação da PM Tech e fui aprovado.

Continue lendo »

Cleber – PMP em Maio de 2011

Fiz a prova dia 25/05/2011 e obtive índice para aprovação.

Acho que é muito importante saber quais as formas de estudo/aprendizagem que trazem mais resultados para o seu perfil. Para mim as melhores formas são aulas presencias reforçadas por revisões e muito exercício.

Assim, foquei meus estudos no aproveitamento máximo dos conceitos passados/discutidos em aula, revisando-os nos intervalos entre as semanas das aulas, usando muitos grifos, anotações e esquemas.

Depois de finalizado o curso foquei os estudos nos simulados. Seguindo o seguinte esquema.
Após finalizar os simulados, revisar as questões com erros procurando entender os conceitos e motivos que haviam me levado ao erro. Depois disso, com a informação dos capítulos com desempenho mais fraco passada pelo simulador, revisar estes capítulos na apostila e complementar com leituras do PMBok. Depois disso repetir o processo.

Alguns pontos que considero interessante na minha experiência.

É muito importante entender os motivos que levaram aos erros, pois é importante diferenciar erros de conhecimento, de erros de entendimento das questões. Com o passar do tempo, prestando atenção nestes aspectos, pode-se conseguir melhorar o entendimento de como funcionam as perguntas, nos meandros, na malandragem das questões, para mim esse aspecto fez muita diferença na evolução dos resultados nos simulados.

A prova é bem dividida entre as áreas de conhecimento e entre questões fáceis, médias e mais difíceis. Estando seguro e bastante treinado nos simulados ela pode até não parecer tão impossível quanto nos parece antes. Para ter essa segurança nada melhor do que fazer os simulados exatamente como se estivesse fazendo a prova (sem paradas, consultas, etc…)

As questões de cálculo, normalmente são bastante simples, e se forem cálculos complexos muito provavelmente é possível encontrar a resposta por eliminação.
É importante conhecer os significados dos índices e taxas pois estes aspectos sim fazem a diferença na hora da prova.

Bom, por agora é disso que lembro.

Se precisarem de alguma coisa, estou a disposição.

Bom estudo e boa sorte a todos.

Exame PMP – Fabio Lara

Prezados

Prestei o exame PMP no dia 29 de abril de 2011 e fui aprovado.

Gostaria de compartilhar algumas lições aprendidas:

Planejamento de estudo:

Não achar que o período de 1 ano de elegibilidade é muito tempo. Eu cometi este erro e não planejei corretamente o período de estudo e agendamento da prova.

Três semanas atrás fiz verificação do meu período de filiação e elegibilidade e vi que meu tempo se encerrava em 30 de abril de 2001, então marquei o exame para o último dia possível e tive que correr atrás de todo o tempo possível para estudo.

Continue lendo »

Depoimento: Aprovado PMP em 18/04

Terminei o curso da PM Tech dia 09/04, fiz o exame dia 18/04 e passei. O exame foi bem mais facil que os simulados, nao precisou calculadora e tinha poucas questoes longas.

Daniel Loreto – PMP em 14/03

Realizei o exame de certificação em 14/03/2011. Segui o plano de estudos e todas as dicas do plano de estudo do Curso da PM Tech, por garantia, procurei fazer a mais do que arriscar ter que refazer. Para isso compartilho:
– Marquei a data a seis semanas antes, durante as 4 primeiras semanas estudava em média 4 horas, com descanso aos domingos, nas duas últimas semanas, solicitei dispensa do trabalho e ampliei a carga para 9 horas por dia.
– Ao perceber que perdia percentual nos simulados nos dias em que descansava, adotei a estratégia na última semana de estudar direto, ou seja, não descansei o dia anterior.
– Três dias antes da prova, reescrevi um resumo de 10 páginas doGuia  PMBOK com as dicas, para ajudar a fixar.
– As dicas dos últimos participantes foram importantes, caem bastante sobre as fórmulas de variação e os índices de desempenho de Custo e Prazo, uma questão de ENT, bem como muitas questões de riscos. Qualidade é um área que cai muitas questões, principalmente sobre os processos suas entradas, ferramentas e saídas.
– Agendei a prova para as 8:30, mas a menina que controla o exame chegou atrasada, as 9:00, iniciei o tutorial as 9:15, na realidade comecei a fazer a prova as 9:35. Levei o material e aproveitei o tempo para estudar, pois fiquei 1:30 esperando. Então se marcar pela manhã, há um risco de atrasar. É dificil, mas vale muito a pena. Boa sorte!!!

O simulado 1 da PM Tech foi o que mais achei parecido com a prova. É importante salientar que uma bibliografia complementar ajudou muito, utilizei o livro da Rita, mesmo sendo a base da 3° edição do PMBOK, faz uma diferença, ainda mais para quem fez o curso em Novembro, turma 84, facilita entender as questões para prova reelembrar o que foi comentado em aula.

Aprovado PMP em fev/2011 – Júnior Alves

Olá, pessoal. Seguem minhas dicas para a aprovação no exame PMP. Vou separá-las em dicas de estudo e dicas para a prova.

DICAS DE ESTUDO

1 – Se você tem dificuldade para entender a metodologia ou estudou um pouco e ainda possui bastante dúvidas, faça um curso oficial (fiz o da PM Tech e recomendo);
2 – Leia o PMBOK diversas vezes. Isso mesmo. Você vai precisar conhecer bem as entradas, as saídas e as ferramentas;
3 – Para facilitar esta “decoreba”, recomendo criar um mapa (fiz um utilizando o Visio) com todos os processos e inserindo neste documento flechas que indiquem quais saídas de um determinado processo geram as entradas do outro. Isso ajudará vocÊ a entender a relação entre os processos e facilitará a memorização;
3 – Leia um livro relacionado à certificação (recomendo o livro da Rita). Apenas o PMBOK dará a você condições de acertar metade das questões. Para as demais, é preciso entender como a prova é (o treinamento da PM TECH ajuda muito, mas é fundamental ler outro livro);
4 – Se você fez um treinamento, terá recebido a apostila. Agora, compare o que aprendeu no lendo o livro com o conteúdo da apostíla (como ela é resumida, ajudará a sintetizar as idéias);
5 – Quando já tiver completado estas etapas, marque a prova (o fato dela estar agendada o obrigará a estudar mais);
6 – FAÇA SIMULADOS!!! Muitos, mas muitos simulados. Anote todas as questões que você teve dúvida e esclareça (o simulado do PM Tech é o que possui as melhores questões, pois são muito semelhantes às da prova);

Continue lendo »

Sobre exame PMP.

Fiz o exame PMP em 03/02 e passei!
Tenho MBA em GP e fiz outros cursos na área, mas as dicas do Mauro Sotille e o simulado fornecido no curso foram muito uteis para o sucesso no exame!

DICAS E SENTIMENTOS SOBRE O EXAME PMP:
– fazer simulados (estava acertando 75% nos ultimos)
– Conhecer todos os processos e suas principais interações nas áreas e fases (perguntas situacionais sobre determinado processo e fase, querendo saber qual o prox. processo ou qual processo se encontra, etc).
– Conhecer os “gurus” de RH e qualidade.
– Conhecer as formulas p/ analise de valor agregado (pouco calculo, mais de uma questão apresentando indices (VA, VC, IDP, IDC) e querendo saber se o projeto estava atrasado/adiantado em relação ao cronograma e acima/abaixo dos custos planejados.
– Caiu uma pergunta sobre cronograma (calcular folga a partir de uma rede)
– Fiz brain-dump nos 15 min iniciais descrevendo os itens acima resumidamente.
– Marquei p/ 8:30 e cheguei no horário. Era 08:45 e não tinham me chamado ainda, então pode ocorrer atraso p/ iniciar a prova (comecei pelas 9h), mas não prejudica o tempo de exame, somente p/ sair (sai perto das 13h30).

Um abraço,
Eduardo Androvandi.

Passar no exame PMP na 1ª

Caros colegas.

Com a intenção de ajudar aos que estão programando fazer a prova de certificação PMP fica aqui o relato de quem passou na primeira tentativa, graças a ajuda dos demais que antes de mim também fizeram e deixaram as dicas.

Primeiramente na empresa nós conseguimos montar um grupo de 17 pessoas para estudar, ou seja, dividimos o PMBOK em partes e preparamos dois workshops de dois dias cadas, com intervalos de 1 mes. Isso permitiu o primeiro entendimento do assunto.

Depois fizemos o curso preparatorio da PM Tech onde recebemos o aperfeiçoamento do assunto e direcionamento e dicas para a prova, inclusive software simulador.

Depois do curso passei dois meses estudando sendo:
– Li o livro da Rita inteiro e fiz todos os simulados;
– Revisitei a apostila da PM Tech inteira;
– Fiz todos os simulados do software da PM Tech;

Após quatro simulados já estava acertando entre 75 e 85%, então já me senti confortavel para a prova.

Portanto a dica é: fazer um bom curso preparatorio com quem conheça a sistematica da prova os detalhes que não estão no Guia PMBOK. Ler um livro que passe as dicas da prova.

A prova é muito semelhante aos simulados do livro e do software da PM Tech, portanto se voce está indo bem no simulado, ou seja, entendeu os conceitos, a prova será só cansativa.

Lembrete:Somente o Guia PMBOK não é suficiente para passar na prova.

Boa sorte

Abraços

Jean