- PM Tech Blog - http://blog.pmtech.com.br -

Três erros que os Gerentes de Projetos cometem em entrevistas

entrevista

Gerenciamento de Projetos é uma carreira em alta. A necessidade da realização de obras de infraestrutura, juntamente com o incremento na subcontratação de projetos elevou a demanda por gerentes de projetos.

Acompanhando o crescimento da demanda, a própria profissão de Gerente de Projetos está se consolidando. Juntamente com o incremento na complexidade dos projetos aumentou a exigência de competências multifuncionais e habilidades interpessoais e isso tem acrescentado dificuldades no processo de entrevistas para contratação ou seleção dos gerentes de projetos.

Já participei de muitas entrevistas, tanto no papel de entrevistado quanto de entrevistador, e pude ver muitos candidatos “atirando no próprio pé”, por não saberem lidar com certas questões importantes.

Se você está se preparando para buscar uma posição como gerente de projeto, fique atento para esses três erros comuns em entrevistas:

  1. Insistir no uso de determinada metodologia – Metodologia difere de boas práticas. Metodologia envolve a aplicação de boas práticas a um contexto, uma organização ou tipo de projeto. Muitos profissionais tendem a esquecer que metodologias são subjetivas e que diferentes gerentes de projetos têm ideias distintas sobre as maneiras adequadas de realizar o planejamento, execução, controle e implantação de projetos. Se você está sendo entrevistado por outro gerente de projeto (ou diretor, PMO, etc.) ele pode ter ideia diferente sobre a maneira certa e errada de organizar e conduzir um projeto. Ao advogar certas práticas (como as do PMI ou PRINCE2 ou SCRUM e outros métodos) ou as fases nas quais você acha que qualquer projeto deve ser dividido ou ainda a metodologia que você acha melhor ou a que deu certo em seu projeto anterior, você pode estar gerando conflito e um ponto de discórdia com o entrevistador. Seja flexível na entrevista e não tente impor a sua metodologia preferida, pois esta pode diferir daquela da organização na qual você pretende atuar.

  2. Não dar importância às habilidades interpessoais – Além de lidar com prazos, orçamentos e tecnologia (hard skills), gerenciar projetos também envolve soft skills: saber solicitar feedback, resolver conflitos, situações políticas e questões culturais, saber comunicar-se e outras questões ligadas a lidar com pessoas. Pesquisas (como a PM Survey, por exemplo, conduzida pelos capítulos do PMI) têm mostrado que problemas relativos à comunicação são a maior causa de falhas em projetos. Gerenciar projetos envolve gerenciar e comunicar-se com pessoas. Ocorre que a forma adequada de lidar com pessoas é assunto controverso e existem diferentes opiniões sobre as formas adequadas de fazê-lo. Quando você estiver sendo entrevistado, lembre-se que a forma como você se comunica, interage com as pessoas e gerencia equipes é muito importante para o entrevistador e este provavelmente vai estar examinando suas habilidades nessa área com grande atenção.

  3. Não conhecer a área de aplicação do projeto – Embora atualmente a maioria dos guias de boas práticas defenda que gerenciar um projeto requer compreensão dos negócios da organização, existem aqueles que acreditam que um bom gerente de projetos (principalmente utilizando alguma determinada metodologia ou prática específica), pode gerenciar qualquer projeto, em qualquer área. No entanto, não há nenhuma maneira real de eliminar questões relativas ao “seu conhecimento do negócio e da área em que a empresa atua” da entrevista. Mesmo que você acredite que seus conhecimentos e habilidades sejam totalmente transferíveis para outro setor, a pessoa entrevistando você provavelmente acha que não são. Tenha certeza de se preparar para a entrevista com leitura e pesquisa sobre a área de atuação da empresa. Vá para a entrevista preparado, com uma sólida compreensão dos problemas do negócio em que a organização está inserida e sobre a terminologia do setor em que esta atua.

Você pode ver que a complexidade do trabalho do gerente de projeto pode causar uma série de dificuldades em entrevistas de emprego. Sem dúvida há muitos outros erros que os entrevistados cometem e que não foram citados (como não fazer contato visual, por exemplo). Fique atento para não cometer pelo menos esses três erros comuns em sua próxima entrevista e aumente a probabilidade de obter a posição de gerente de projetos que você almeja. Boa sorte!

Mauro Sotille

Especialista em gerenciamento de projetos, programas, portfólio e riscos. Com 25 anos de experiência em gerenciamento de projetos, foi responsável por mais de 50 projetos em diversos países. Atuou em empresas como Hewlett-Packard, Saab Sweden e Dana. É Diretor da PM Tech, onde fornece capacitação profissional e consultoria a organizações na implantação bem-sucedida de cultura corporativa de Projetos. Foi Mentor do Project Management Institute (PMI) para o Brasil, Presidente do PMI-RS e membro da equipe que desenvolveu o Guia PMBOK® e outros guias. Certificado pelo PMI como Project Management Professional (PMP) desde 1998 e Risk Management Professional (PMI-RMP), é autor de livros sobre Gerenciamento de Projetos, Escritórios de Projetos (PMO) e Certificação PMP. Doutorando em Administração de Empresas, possui MBA em Administração, pós-graduação em Computação e graduação em Informática e em Engenharia Mecânica. É professor convidado junto à Fundação Getúlio Vargas e outras instituições.

Siga-me: TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusFlickr

Artigos Relacionados