- PM Tech Blog - http://blog.pmtech.com.br -

Aprovado PMP em janeiro/2011

Olá pessoal,

Estou aqui para relatar minha experiência de ter sido aprovado na primeira tentativa do exame PMP. Como é para muitos, essa certificação sempre esteve na lista de prioridades de estudo, mas acabava sendo deixada para trás. No ano passado acabei dando prioridade para o MBA e perdi o embalo, ainda que já havia feito um curso de gerenciamento de projetos por outra instituição.

No MBA tive uma disciplina de gerenciamento de projetos, um pouco resumida, mas que serviu para despertar o interesse novamente. Passado esse compromisso, me inscrevi para a turma da PM Tech que iniciava no dia 1º de dezembro de 2010. Procurei ficar o mais atento possível no curso, uma vez que o prof. Mauro dá muitas dicas importantes para o exame. Tentei não perder nada com distração, mesmo que muitas vezes estamos à noite estamos cansados depois do trabalho, mas vale o esforço.

Antes da aula, tentava ler o capítulo da área do PMBOK que seria estudado no dia (mesmo que não o conseguisse por inteiro). Assim, melhorava a absorção do conhecimento durante a aula. No final de semana após os primeiros dias de curso já comecei a fazer simulados da PM Tech, mesmo que timidamente.

Após o último dia de curso (16/dezembro), eu ainda não planejava quando faria a prova. Porém, sem viagens marcadas para Natal e Ano Novo, comecei meu projeto de estudos. Peguei duas ferramentas que não falham: calendário e caneta. Planejei os dias de estudo de cada área e obtive uma data onde estaria pronto para o “encerramento”. A cada dia estudava uma área, com leitura do capítulo no PMBOK + leitura na apostila + Exercícios da área (apenas dos simulados 1 a 6). Como os capítulos 1 e 2 são bem simples, ficaram só para revisão final. Resolvi separar em duas etapas o estudo: cap. 3 a 7 e cap. 8 a 12+ética. Ao final de cada etapa e outra, fiz uma revisão, lendo novamente a apostila e fazendo os simulados 1 a 6, porém agora misturando as 5 área de cada etapa. Terminadas essas duas etapas, havia 4 dias de folga até a data da prova, então os 3 últimos dias foram só revisão e, dois dias antes da prova, fiz o simulado 7, que deixei por último. Nos outros simulados, por serem separados por área e já terem algumas questões conhecidas, estava fazendo entre 85% e 90%. No último simulado, por fazer completo, já simulando uma situação de prova, baixei para 79%, mas mesmo assim fui confiante para a prova.

Cheguei bem cedo e ainda deu tempo de dar uma passada na apostila por cima. Nos brain dumps, escrevi os 42 processos e suas áreas (facilita bastante para questões onde você já está cansado e não consegue pensar muito) e as fórmulas de valor agregado. Passei pelas 200 questões em 2 horas. Marquei umas 40 para revisar, o que tomou mais uns 30 minutos. Pensei em revisar de novo, mas a prova é muito cansativa, pois necessita de 100% de atenção, então fui confiante no resultado apertar o “END”. Demorou um pouco, fiquei muito nervoso e… pesquisa de satisfação na tela. Respondi em alguns segundos e mais uma espera e: CONGRATULATIONS!

Meu plano de estudos pode parecer um pouco apressado, mas achei o curso tão proveitoso e com tantas dicas que não quis perder o embalo. Confesso que ANTES do curso achava que iria fazer a certificação e ficar por isso mesmo, mas gostei tanto da área que já quero, mesmo sem “prova marcada”, criar um roteiro de estudos na área. Como eu já tinha conhecimento básico de GP, por experiência de trabalho e acadêmica, foi menos complicado. Mas ainda assim recomendo que ao que proponho se adicione mais uma semana, para leituras complementares e algum livro extra.

Um abraço e boa sorte a todos!

Gabriel Hoff

Artigos Relacionados