Scrum além do desenvolvimento de software

Por | 2018-06-07T18:08:09+00:00 07/06/2018|0 Comentários  |  Download PDF Versão em PDF  |  Imprima esse artigo Imprima esse artigo

Uma pergunta comum que recebo é: Scrum pode ser utilizado para outras áreas além de desenvolvimento de software?

Scrum é um processo incremental e iterativo para desenvolver qualquer produto ou gerenciar qualquer trabalho. Ele produz um conjunto de funcionalidades potencialmente utilizável no final de cada iteração. E isso serve para qualquer produto.

A seguir são descritos atributos do Scrum (e em nenhum deles é citado TI ou software).

Entre os atributos do Scrum estão:

  • Scrum é um processo ágil para gerenciar e controlar o trabalho de desenvolvimento.
  • Scrum é um invólucro para práticas de engenharia existentes.
  • Scrum é uma abordagem baseada em equipe para desenvolver sistemas e produtos quando os requisitos estão mudando rapidamente
  • Scrum é um processo que controla o caos de interesses e necessidades conflitantes.
  • Scrum é uma maneira de melhorar as comunicações e maximizar a cooperação.
  • Scrum é uma maneira de detectar e causar a remoção de qualquer coisa que atrapalhe desenvolvimento e entrega de produtos.
  • Scrum é uma maneira de maximizar a produtividade.
  • Scrum é escalável de projetos únicos a organizações inteiras.
  • Scrum controla e organiza o desenvolvimento e implementação de múltiplos produtos inter-relacionados e projetos com mais de mil desenvolvedores e implementadores.
  • Scrum é uma maneira de todos se sentirem bem com seu trabalho, suas contribuições, sabendo que eles fizeram o melhor que puderam.
  • Scrum concentra-se naturalmente em toda uma organização na criação de produtos de sucesso. Sem grandes mudanças – geralmente dentro de 20 a 30 dias – as equipes estão construindo produtos úteis, com funcionalidade demonstrável.
  • Scrum pode ser implementado no início de um projeto ou no meio de um esforço de desenvolvimento de projeto ou produto que está com problemas.
  • Scrum é um conjunto de práticas e regras inter-relacionadas que otimizam o desenvolvimento, reduzem a sobrecarga organizacional e sincronizam estreitamente as exigências do mercado com protótipos iterativos.
  • Scrum é baseado na moderna teoria de controle de processos.
  • Scrum faz com que o melhor produto possível seja construído, dados os recursos disponíveis, qualidade aceitável e datas de lançamento necessárias.
  • Scrum entrega uma funcionalidade útil do produto é entregue em cada ciclo, conforme requisitos, arquitetura e design surgem, mesmo quando se usam tecnologias instáveis.
  • Scrum é usado em milhares de projetos para gerenciar e controlar o de trabalho, com melhorias significativas de produtividade.
  • Scrum envolve umas práticas existentes da organização; elas são melhoradas conforme necessário, conforme incrementos do produto existente são entregues ao usuário ou mercado.
  • Scrum é explicitado como valores, práticas e regras em um framework de desenvolvimento que pode ser rapidamente implementado e repetido.
  • Scrum tem sido usado para produzir produtos financeiros, produtos de engenharia, produtos de Internet, produtos médicos e outros.
  • Scrum quebra o impasse e começa a entrega incremental de produtos, muitas vezes com o primeiro produto vendável ocorrendo no mesmo trimestre.

Scrum é para o desenvolvimento de produtos

Scrum, aplicado ao desenvolvimento de produtos, foi mencionado pela primeira vez em 1986 em “The New New Product Development Game” (Harvard Business Review,1986) e posteriormente elaborado em “The Knowledge Creating Company“, ambos de Ikujiro Nonaka e Hirotaka Takeuchi (Oxford University Press, 1995). Com base em suas ideias e pesquisas em teoria de processos realizadas em colaboração com a DuPont Advanced Research Facility, o Scrum foi formulado apresentado pela primeira em 1995.

Finalmente: O processo Scrum é descrito aplicado a software foi descrito no livro de Ken Schwaber e Mike Beedle, “Agile Software Development with Scrum””(Prentice Hall, 2001).

Você gostaria de comentar mais sobre aplicações do Scrum em outras áreas além de Tecnologia da Informação? Adoraria ver seus comentários abaixo.

Mauro Sotille

Especialista em gerenciamento de projetos, programas, PMO e riscos. Com 25 anos de experiência em gerenciamento de projetos, foi responsável por mais de 50 projetos em diversos países. Atuou em empresas como Hewlett-Packard, Saab Sweden e Dana. É Diretor da PM Tech, onde fornece capacitação profissional e consultoria a organizações na implantação bem-sucedida de cultura corporativa de Projetos. Foi Mentor do Project Management Institute (PMI) para o Brasil, Presidente do PMI-RS e membro da equipe que desenvolveu o Guia PMBOK® e outros guias. Certificado pelo PMI como Project Management Professional (PMP) desde 1998, Risk Management Professional (PMI-RMP) e PMO-CC, é autor de livros sobre Gerenciamento de Projetos, Escritórios de Projetos (PMO) e Certificação PMP. Doutorando em Administração de Empresas, possui MBA em Administração, pós-graduação em Computação e graduação em Informática e em Engenharia Mecânica. É professor convidado junto à Fundação Getúlio Vargas e outras instituições.

Siga-me: TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusFlickr

Artigos Relacionados

Deixar Um Comentário