Arquivos

ISO 21500: Orientações sobre Gerenciamento de Projetos

Nos últimos anos diferentes normas internacionais e nacionais para gerenciamento de projetos têm surgido. Além disso, a falta de um vocabulário comum e de processos que possam ser referenciados pela comunidade mundial de gerenciamento de projetos resultou em diferentes definições e interpretações de tópicos em gerenciamento de projetos.

Para endereçar esses problemas a International Standards Organisation (ISO) criou um novo Padrão chamado ISO 21500: Guidance on Project Management.  O padrão cria uma plataforma comum que visa ser uma referência para as organizações e facilitar a transferência de conhecimento e a harmonização de princípios, vocabulários e processos existentes nos Padrões atuais e futuros.

Histórico

Atualmente já existe um documento chamado ISO 10006: Quality management systems – Guidelines for quality management in projects. A ISO 10006 foi publicada em 1997 e atualizada em 2003, porém não ganhou popularidade equivalente à serie de normas 9000 ou a padrões como como o Guia PMBOK® ou Prince 2®. Alguns países têm padrões de GP mais populares, como a BSI 6079. A ANSI adotou o Guia PMBOK® como padrão em gerenciamento de projetos para os Estados Unidos em 1999. Japão, Austrália e Alemanha também têm seus próprios padrões. A International Project Management Association desenvolveu o IPMA Competence Baseline e várias iniciativas para desenvolve um padrão global começaram a pipocar, como o Global Project Management Forum (criado como uma iniciativa de David Pells), Global Working Groups (iniciativa de Lynn Crawford), Operational Level Coordination Initiative (OLCI), Global Alliance for Project Performance Standards, etc.  deixando claro a necessidade de um padrão global.

O projeto da ISO 21500 iniciou em 2006 e foi lançado em Outubro de 2007, com representantes de 23 países. Posteriormente o número de países participantes foi estendido de modo a garantir uma cobertura global.

 

Governança

O comitê ISO/PC 236 foi estabelecido para desenvolver a ISO 21500, liderado pelo British Standards Institute (BSI) e secretariado pela American National Standards Institute (ANSI). O Comitê foi composto por representantes dos comitês de padrões de mais de 35 países que participaram no desenvolvimento da norma, incluindo a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. O coordenador da Comissão Brasileira (CEE 93) foi Walther Krause, ex-Presidente do PMI Rio.

 

Objetivos

Fruto da progressiva internacionalização dos projetos, há uma necessidade de harmonizar as normas nacionais já existentes e estabelecer princípios e procedimentos comuns de gerenciamento de projetos a nível internacional

O objetivo da Norma ISO 21500 é o de recomendar às organizações (e não aos indivíduos) um modo profissional de gerenciar os projetos com base nas melhores práticas do mercado global. O padrão é aplicável a organizações de todos os tamanhos e de todos os setores.

Esta nova norma complementa a ISO 10006:2003 Quality management systems – Guidelines for quality management in projects. A ISO 10006 dá orientação sobre a aplicação de gestão da qualidade para projetos e a 21500 é um guia para o processo de gerenciamento de projetos.

 

A Norma 

A ISO 21500 descreve 40 processos que são agrupados em cinco grupos de processos (iniciação, planejamento, execução, controle e encerramento), correspondentes a 10 áreas de conhecimento:

1. Integração
2. Partes Interessadas
3. Escopo
4. Recursos
5. Tempo
6. Custo
7. Risco
8. Qualidade
9. Aquisições
10. Comunicações

 

ISO 21500 e o Guia PMBOK®

A ISO 21500, de modo geral, mantém a abordagem original do Guia PMBOK®.  A norma é baseada em parte no capítulo 3 e no Glossário de A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide) — terceira edição do PMI®. Isto é visto como uma validação pela comunidade internacional do valor e qualidade do padrão PMI.

O PMI acredita que este será um importante padrão para a profissão de gerenciamento de projetos e que todos os praticantes do projeto devem estar cientes do mesmo. Uma das preocupações da equipe de revisão do Guia PMBOK® 5ª edição foi garantir alinhamento com a norma ISO 21500. Desse modo, todo o capítulo 3 (O Padrão de Gerenciamento de Projetos, com o qual a norma se relaciona), foi reposicionado como um apêndice do Guia PMBOK® 5ª edição.

 

Progresso

A versão preliminar da ISO 21500 foi desenvolvida e publicada pela ISO em 2011A norma foi então lançada para revisão e votação para os países-membros da ISO como um Final Draft International Standard (DIS) no segundo trimestre de 2012.

Aprovada por unanimidade, a ISO publicou a 21500 como uma norma internacional em Setembro de 2012.

 

ABNT

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, após consulta nacional, publicou a norma ABNT NBR ISO 21500:2012 – Orientações sobre Gerenciamento de Projetos, em 05 de Setembro de 2012. A norma pode ser adquirida através deste website.

Esta Norma fornece diretrizes para gerenciamento de projetos e pode ser usada por qualquer tipo de organização, incluindo pública, privada ou organizações comunitárias, e para qualquer tipo de projeto, independentemente de complexidade, tamanho ou duração.

 

Futuro

A ISO 21500 é a primeira de uma família de padrões ISO para gerenciamento de projetos, programas e portfólio. Estes vão ser baseados em uma estrutura geral que vai definir a interação entre os processos de gerenciamento e a organização, incluindo a dimensão de governança e as relações com operações continuadas.

 

Conclusão

Já temos uma norma ISO de Orientações sobre Gerenciamento de Projetos.

Nesse momento a ISO 21500 não tem requisitos, portanto não é certificável. E se isso vier a ocorrer no futuro, será somente para organizações, não para pessoas. Mesmo assim é um grande passo para o crescimento da maturidade em gerenciamento de projetos nas organizações.

 

Um grande abraço,

Mauro Sotille, PMP

Foi Presidente do PMI-RS e atualmente é o Mentor Regional do PMI para os Chapters Brasileiros. Autor de livros na área e professor de gerenciamento de projetos junto a vários cursos de Pós-Graduação, Mauro tem treinado profissionais em gerenciamento de projetos e na implantação de PMOs. Tem também fornecido consultoria a diversas organizações na implantação de seus Escritórios de Projetos e na cultura corporativa de projetos. É Sócio Diretor da PM Tech Capacitação em Projetos.

2 comentários para ISO 21500: Orientações sobre Gerenciamento de Projetos

  • saulo quintão

    Mauro, excelente artigo.
    Esperamos que a norma venha a ser mais um fator que contribua a aumentar as probabilidades de sucesso em projetos. Falar a mesma lingua é necessário a todos dentro do gerencimento de projetos. Gerentes de projetos e organizações precisam estar alinhados para que o sucesso seja inerente ao projeto. abraços

  • Leonardo Fernandes

    Excelente artigo escrito pelo Mauro.
    Aguardamos os desdobramentos para as empresas,
    acredito que serão importantes no gerenciamento de projetos .
    Abraços

Add Comment Register



Deixe um comentário

  

  

  

Você pode usar estes tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>