PMI-ACP – Agile Certified Practitioner

Certificação PMI-ACP

Em um ambiente de negócios em constante movimento, o Gerenciamento Ágil de Projetos e a certificação PMI – Agile Certified Practitioner (PMI-ACP)® vêm ao encontro das necessidades do mercado, visando entregar projetos mais rapidamente e com menos desperdício.

A credencial PMI-ACP atesta a capacidade do profissional em compreender os princípios e conceitos do Gerenciamento Ágil de Projetos e suas habilidades em aplicar as técnicas e ferramentas Agile.

A PMI-ACP iniciou em 2011, sendo a certificação do PMI de mais rápido crescimento, abrangendo muitas abordagens para o Agile como Scrum, Kanban, Lean, extreme programming (XP) e test-driven development (TDD).

Neste artigo apresento informações importantes para quem quer conhecer essa certificação, incluindo as mudanças no exame ocorridas a partir do dia 15/jul/2015.

Por que Gerenciamento Ágil de Projetos?

Agile (ágil) é um tópico de importância crescente em gerenciamento de projetos. O mercado mostra essa tendência, conforme os gerentes de projetos abraçam Agile como uma técnica para gerenciar projetos. O gerenciamento ágil de projetos é focado em entregar incrementos de funcionalidade rapidamente e frequentemente.

Há uma incrível demanda para Gerentes de Projetos Agile (não somente aqueles que conhecem, Scrum, XP ou Lean). Não é necessário atuar na área de TI, embora quem esteja atuando com desenvolvimento de software definitivamente deva olhar a certificação PMI-ACP com atenção: o Gartner Group estima que 80% dos projetos de desenvolvimento de software já estejam sendo gerenciados com técnicas ágeis.

A certificação é um dos vários passos dados pelo PMI no sentido de reconhecer o valor das práticas ágeis de gerenciamento de projetos.

Qual o perfil do candidato à certificação?

Profissionais que estão utilizando práticas ágeis em seus projetos ou cujas organizações estão adotando abordagens ágeis de gerenciamento de projetos, são bons candidatos à certificação PMI-ACP.

Quais os benefícios?

Obtendo a certificação os profissionais vão poder:

  • Demonstrar ao mercado seu nível de profissionalismo em práticas ágeis de gerenciamento de projetos;

  • Aumentar sua versatilidade em ferramentas e técnicas de gerenciamento de projetos;

  • Mostrar que têm capacidade de liderar equipes de projetos Agile;

  • Apresentar uma certificação que tem mais credibilidade que outras certificações que exigem somente que se tenha feito um treinamento ou um exame para serem obtidas.

Pré-Requisitos

Os candidatos a credencial PMI-ACP devem obedecer aos seguintes pré-requisitos:

  • Educação secundária (ensino médio ou equivalente) ou superior

  • 2.000 horas de trabalho em projetos adquiridos nos últimos 5 anos *

  • 1.500 horas de trabalho (8 meses) em projetos – usando técnicas ágeis – adquiridos nos últimos 2 anos

  • 21 horas de treinamento em Gerenciamento Ágil de Projetos

* Certificados PMP ou PgMP são considerados automaticamente aprovados nesse critério.

OBS: Note que é necessário ter atuado em projetos, porém não é exigido ter atuado como gerente de projetos.  

Processo de Inscrição

O primeiro passo é preencher e submeter o formulário on-line no website http://certification.pmi.org, no qual o candidato informa seus dados pessoais e fornece detalhes sobre sua experiência profissional. O formulário deve ser enviado em até 90 dias a partir do início de seu preenchimento.

Após o envio, o PMI tem 10 dias para avaliar os dados enviados e, na sequência, permitir que o candidato faça o pagamento.

A etapa seguinte é o agendamento do exame de certificação. O agendamento pode ser realizado até 1 ano depois da inscrição ter sido aceita.

Onde fazer o exame

O exame pode ser feito no computador, a qualquer dia, em qualquer centro Prometric autorizado, os quais podem ser localizados em http://www.register.prometric.com/Index.asp ou também pode ser realizado em papel em Porto Alegre, Florianópolis, Fortaleza, Manaus, Salvador e Vitória. Veja aqui as datas marcadas para o exame nessas cidades.

 Custo do exame

 No computador (CBT) Filiado ao PMI $435 dólares
 No computador (CBT) Não filiado $495 dólares
 Em papel (PBT) Filiado ao PMI $385 dólares
 Em papel (PBT) Não filiado $445 dólares

Exame PMI-ACP

O exame é composto por 120 questões de múltipla escolha (20 são “pré-teste”, não identificadas, aleatoriamente distribuídas e não afetam a pontuação). O tempo para realizar o exame é de três horas, sem intervalos. Por enquanto, o exame está disponível somente em Inglês.

O que mudou no exame

O exame PMI-ACP sofreu  mudanças a partir do dia 15 de Julho/2015.

Um estudo realizado pelo PMI, denominado RDS (Role Delineation Study), envolvendo mais de 1.000 agilistas de 60 países produziu uma descrição atualizada das práticas ágeis. Com base nisso foram revisados os domínios, tarefas, conhecimentos e competências, bem como as ferramentas e técnicas utilizadas no dia-a-dia, e essas mudanças se refletiram no exame de certificação PMI-ACP.

A distribuição das questões e os conceitos sofreram alterações. O exame agora conta com 7 domínios (antes eram 6) com a inclusão do Domínio “Agile Principles and Mindset”, o qual contém 16% das questões do exame. Com isso o número de tarefas passou de 56 para 62 tarefas.

Além disso foram alteradas a  forma e os critérios de distribuição das questões do exame, bem como a bibliografia de apoio recomendada.

  • OBS:  Note que os critérios de elegibilidade permanecem os mesmos.

 

Conteúdo do exame

As questões são baseadas no PMI-ACP Examination Content Outline. Hoje em dia  há 62 tarefas e os Conhecimentos e Habilidades (“Agile Knowledge and skills”) estão distribuídos juntamente com as Ferramentas e Técnicas (“Agile tools and techniques”) dentro dos percentuais de cada Domínio.

A distribuição das questões é por Domínio conforme abaixo:

DomínioDescrição%
 1Princípios Ágeis e MindsetExplorar, abraçar, e aplicar os princípios e mentalidade ágeis dentro do contexto da equipe do projeto e organização. 16%
 2Entrega Orientada a ValorEntregar resultados de valor através da produção de incrementos de alto valor para a revisão, o mais cedo possível e frequentemente, com base nas prioridades das partes interessadas. Garantir que as partes interessadas forneçam feedback sobre esses incrementos, e usar esse feedback para priorizar e melhorar incrementos futuros 20%
 3Engajamento das Partes InteressadasEnvolver as partes interessadas atuais e futuras através da construção de um ambiente de confiança que alinhe suas necessidades e expectativas e equilibre os seus pedidos com uma compreensão do custo / esforço envolvido. Promover a participação e colaboração ao longo do ciclo de vida do projeto e fornecer as ferramentas para a tomada de decisão eficaz e informada. 17%
 4Desempenho de EquipesCriar um ambiente de confiança, aprendizagem, colaboração e resolução de conflitos que promove auto-organização da equipe, melhora as relações entre os membros da equipe, e cultiva uma cultura de alto desempenho. 16%
 5Planejamento AdaptativoProduzir e manter um plano de evolução, desde a iniciação até o encerramento, com base em metas, valores, riscos, restrições, feedback das partes interessadas e avaliar resultados 12%
 6Identificação e Resolução de ProblemasIdentificar continuamente problemas , impedimentos e riscos; priorizar e resolver em tempo hábil; monitorar e comunicar o status de resolução do problema; e implementar melhorias de processo para impedir que estes ocorram novamente. 10%
 7Melhoria Contínua (Produto, Processo, Pessoas) Melhorar continuamente a qualidade, eficácia e valor do produto, do processo e da equipe. 9%

Note que entre as informações que o aluno deve saber para realizar o exame estão o manifesto ágil (declaração pública sobre a filosofia de princípios ágeis), as metodologias e frameworks ágeis (como Scrum, Extreme Programming – XP, FDD e Kanban) e conceitos como Lean, Business Value Focus, Continous Integration e Deployment, Value Stream Mapping, entre outras.

É importante não apenas conhecer a teoria, mas também saber como aplicá-la: como controlar as reuniões diárias (daily scrum meetings) para que não excedam 15 minutos, por exemplo?

Obs.: É importante conhecer também os conceitos básicos do gerenciamento de projetos tradicional: escopo, cronograma, custo, valor agregado, etc.

Dicas de Estudo

  • Conhecer bem  o Manifesto Ágil;
  • Fazer um curso de Scrum (incluindo papéis, regras, artefatos, responsabilidades, visão, release planning, burnup, burndown), pois este é o maior conteúdo do exame;
  • Noções básicas de Lean, Kambam, TDD e eXtreme Programming (conhecer valores, princípios, práticas, inclusive papéis);
  • Comparativo de métodos ágeis de estimativ a com técnicas tradicionais (delphi, monte carlo);
  • Soft skills – liderança (líder servidor), gerentes (comando/controle) versus líder, conflitos, como elogiar/criticar, intervenções em reuniões;
  • Estudar  esses assuntos:
    • Valor Agregado (aplicado a métodos ágeis);
    • Value Stream Map (ferramenta do Lean);
    • Gerenciamento de riscos (como é feito em métodos ágeis);
    • Spikes (user stories com pouca definição);
    • WIP (work in progress).

Auditoria

Após o pagamento é possível que a inscrição seja selecionada pelo processo de auditoria. Cerca de 10% das candidaturas para a certificação passam por um processo de auditoria. Nesse caso o candidato é notificado por e-mail e deve enviar pelo correio os seguintes documentos em até 90 dias:

– Cópia do diploma, acompanhada de tradução
– Assinatura (em documento enviado pelo próprio PMI) dos gerentes ou supervisores dos projetos informados
– Fotocópias dos certificados de cada curso feito para completar as 21 horas, acompanhados de tradução

Se você cair na auditoria, o Formulário de Verificação de Experiência, em PDF, contendo as informações que você mesmo prestou (projetos, horas e meses) e um formulário para que a pessoa que vai abonar confirme nome e endereço lhe serão enviados pelo PMI via e-mail.

A pessoa que vai abonar deve preencher a seção referente aos dados pessoais e assinar os documentos (à mão, assinatura eletrônica não é aceita), colocá-los em um envelope e assinar novamente sobre a aba que sela o envelope (parte da assinatura fica no envelope parte na aba) e retornar o envelope para você (não ao PMI), que vai juntá-lo aos outros documentos que você vai enviar ao PMI.

Não é necessário reconhecer firma. Cada abonador deve ter um envelope separado. Se uma mesma pessoa estiver abonando vários projetos, estes podem ser colocados no mesmo envelope.

O formulário vem pronto do PMI, com os dados que você mesmo informou. É só a pessoa que vai abonar assinar. Não é possível se “adiantar” à auditoria, pois para enviar é necessário o formulário que vem do PMI.

Após o recebimento de seu material, o PMI deve processar a auditoria e emitir o documento de elegibilidade em cinco dias úteis.

OBS: Se você não for selecionado para auditoria não necessita enviar nada para o PMI.

Reexame

Durante o período de elegibilidade de um ano os candidatos podem fazer o exame até três vezes. As taxas para refazer o exame na segunda e na terceira vez são:

  • No exame em computador: US$ 335 para membros do PMI e US$ 395 para não membros.
  • No exame em papel: US$ 285 para membros do PMI e US$ 345 para não membros.

Recertificação

O processo de recertificação, chamado Continuing Certification Requirements (CCR) Program, tem como objetivo manter os credenciados atuantes no que diz respeito às suas atividades relacionadas ao framework ágil. Após obter a credencial PMI-ACP sua certificação é considerada ativa. Para permanecer com a credencial ativa é preciso reportar 30 PDU´s (professional development units) a cada ciclo de três anos. Os PDU´s podem ser obtidos de diversas formas:

  • cursos

  • educação formal

  • auto-estudo

  • publicação de artigos, participação em eventos, desenvolvimento de cursos etc.

  • trabalho voluntário

  • atividades profissionais

Cada categoria confere um determinado número de PDU´s. Há também limites para cada categoria por ciclo de recertificação.

Obs.: Se você já possui uma credencial do PMI, como PMP, por exemplo, você pode usar as PDUs obtidas para manter a certificação PMI-ACP para manter a credencial PMP. Assim, para manter a certificação PMP e a PMI-ACP, você somente necessita 60 PDUs.

A taxa de renovação é de US$60 para membros e de US$150 para não membros, a cada três anos.

Referências e leituras complementares

Seguem algumas dicas para sua preparação para o processo de certificação PMI-ACP:

 

Mauro Sotille

Especialista em gerenciamento de projetos, programas, portfólio e riscos. Com 25 anos de experiência em gerenciamento de projetos, foi responsável por mais de 50 projetos em diversos países. Atuou em empresas como Hewlett-Packard, Saab Sweden e Dana. É Diretor da PM Tech, onde fornece capacitação profissional e consultoria a organizações na implantação bem-sucedida de cultura corporativa de Projetos. Foi Mentor do Project Management Institute (PMI) para o Brasil, Presidente do PMI-RS e membro da equipe que desenvolveu o Guia PMBOK® e outros guias. Certificado pelo PMI como Project Management Professional (PMP) desde 1998 e Risk Management Professional (PMI-RMP), é autor de livros sobre Gerenciamento de Projetos, Escritórios de Projetos (PMO) e Certificação PMP. Doutorando em Administração de Empresas, possui MBA em Administração, pós-graduação em Computação e graduação em Informática e em Engenharia Mecânica. É professor convidado junto à Fundação Getúlio Vargas e outras instituições.

Siga-me: TwitterFacebookLinkedInPinterestGoogle PlusFlickr

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Você pode usar estes tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>