Tradução do Guia PMBOK 5ª edição em Português

00101488301_lrgOlá pessoal,

A tradução do Guia PMBOK 5ª edição em Português em versão eletrônica está disponível para os filiados ao PMI em http://www.pmi.org/PMBOK-Guide-and-Standards/Standards-Library-of-PMI-Global-Standards.aspx.

Edições impressas também estão disponíveis.

Continue lendo »

Cartão de referência rápida para padrões em GP

dia11Existem vários padrões ou estruturas para gerenciamento de projetos, programas e portfólios. Henry Portman, consultor para escritórios de gerenciamento de projetos na Europa desenvolveu um cartão de referência rápida, separado por organização, muito útil para quem está iniciando na área e quer conhecer os diferentes padrões e entidades.

A maioria dos padrões e estruturas é desenvolvida pelo PMI e também pela APMG. Ambos têm padrões de portfólio, programa, projeto e gestão de riscos e ambos têm um modelo de maturidade.

A APMG também oferece um padrão de portfólio, programa e escritórios de projeto, bem como estruturas relativas à gestão de benefícios e gestão de valor. Outros, como IPMA, oferecem uma base de competência e um modelo para avaliar as organizações. ISO 21500 foi adicionado como o padrão global em gerenciamento de projetos.

Continue lendo »

Norma de Auditoria de Projetos

auditoria A norma brasileira de AUDITORIA de PROJETOS já foi publicada.

A ABNT NBR 16277:2014 Auditoria de projetos – Requisitos foi publicada dia 11/03/2014. Implementação da auditoria de projetos no contexto do gerenciamento do projeto em atendimento à governança organizacional.

Estabelece os requisitos para realização de auditoria de projetos com base nos aspectos de governança de projetos, conforme NBR ISO 21500 e demais normas, frameworks, boas práticas e padrões utilizados como referência em auditoria de projetos.

Entre os diversos benefícios a serem alcançados com a adoção desta Norma, destacam-se os seguintes:

  1. Identificar a eficácia da estrutura da organização do sistema de gerenciamento do projeto (SGP);
  2. Identificar a eficácia do gerenciamento do projeto;
  3. Identificar a relação entre os limites de autoridade nas tomadas de decisão para o gerenciamento do projeto;
  4. Identificar o grau de adoção, aplicabilidade e eficácia das políticas e estratégias utilizadas;
  5. Identificar a aderência, aplicabilidade e eficácia dos processos, boas práticas e metodologias utilizadas;
  6. Identificar a suficiência, aplicabilidade e eficácia dos controles utilizados no gerenciamento do projeto;
  7. Proporcionar clareza da aplicação dos marcos regulatórios pertinentes ao projeto;
  8. avaliar a prestação de contas do projeto, de acordo com as necessidades do demandante da auditoria.

 

Gerenciamento de Projetos na Antiga Coréia

Em uma reunião da ISO na Suécia o representante coreano, Young Min Park, mostrou um vídeo que comparou os processos na ISO 21500 (Orientações sobre Gerenciamento de Projetos) e fez um mapeamento dos mesmos contra os registros históricos da construção da fortaleza de Hwaseong na Coréia, que foi construída a partir de 1794 a 1796 pelo rei Jeongjo da dinastia Joseon. A maioria dos processos descritos na ISO 21500 foram praticados no gerenciamento do projeto de construção e há provas documentais para apoiar isto.

Hwaseong

No entanto, como é típico de muitos registros históricos, o gerenciamento do tempo não foi documentado. Os custos, qualidade e outras características foram completamente registrados e a construção foi concluída mais cedo do que o esperado, porém não há nenhuma informação sobre como isso foi feito! Apesar disso, o breve vídeo é uma delícia e mostra que o que importa são as práticas, não como nós as chamamos. Desfrute do vídeo (em Inglês). Ele tem apenas quatro minutos de duração, mas é derivado de registros detalhados mantidos nos Arquivos Reais da Coréia.

Video: Historical project tells about project management

ISO 21500: Orientações sobre Gerenciamento de Projetos

Nos últimos anos diferentes normas internacionais e nacionais para gerenciamento de projetos têm surgido. Além disso, a falta de um vocabulário comum e de processos que possam ser referenciados pela comunidade mundial de gerenciamento de projetos resultou em diferentes definições e interpretações de tópicos em gerenciamento de projetos.

Para endereçar esses problemas a International Standards Organisation (ISO) criou um novo Padrão chamado ISO 21500: Guidance on Project Management.  O padrão cria uma plataforma comum que visa ser uma referência para as organizações e facilitar a transferência de conhecimento e a harmonização de princípios, vocabulários e processos existentes nos Padrões atuais e futuros.

Continue lendo »

O que há de novo no Guia PMBOK® 5ª edição

O Guia PMBOK® 5ª edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide)—Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo PMI® em 31 de dezembro de 2012.

Esta versão do guia passou a ser referência para os exames de certificação Certified Associate in Project Management (CAPM®) e Project Management Professional (PMP®) em Julho de 2013.

Ao encerrar-se o ciclo de quatro anos de revisão, temos a oportunidade de identificar o que mudou e como isso afeta a prática de gerenciamento de projetos. Esse artigo contém as principais mudanças (com base nas versões em Inglês).

Continue lendo »

Como selecionar gerentes de projeto

imagem107

Se você busca selecionar gerentes de projeto para implantação em projetos específicos em seu departamento, ou para a implantação de um projeto global em toda a empresa, um profissional qualificado pode ajudar a manter o projeto no prazo e dentro do orçamento. No entanto, alguns gerentes de projeto podem se tornar apenas outro gasto, consumindo os recursos financeiros e de pessoal de sua empresa. Portanto, é importante escolher alguém que possa oferecer os resultados desejados: uma implantação econômica e concluída em tempo hábil.

Neste artigo, abordaremos áreas na quais um gerente de projeto pode dar uma contribuição substancial para seu projeto. Definiremos também características que você deve ter em mente ao avaliar potenciais candidatos.  O uso desta informação deve lhe ajudar a selecionar a pessoa correta.

Continue lendo »

A geladeira movida a timesheet

timesheetQuem trabalha em projetos sabe que uma das coisas mais chatas a se fazer é preencher o timesheet (quadro de horários, em geral uma planilha de controle informando as horas trabalhadas nas atividades do projeto). O timesheet deve ser preenchido regularmente, ao final de um dia ou semana de trabalho, e enviado para aprovação do gerente do projeto.

Em alguns casos, empresas utilizam softwares que permitem a inclusão dessas horas em formulários eletrônicos, porém o grande problema é estimular as pessoas a preencher corretamente esses dados.

Continue lendo »

Peso percentual dos marcos no MS Project

Você sabia que as atividades marco (duração zero) têm um peso no percentual concluído (%) no MS Project?

Imagine que tenhamos duas atividades em sequencia, com um marco de final de projeto logo a seguir. Ao informarmos que as duas atividades estão concluídas (100% Concluído), notamos que o sumário do projeto fica em 99%!  Continue lendo »